9 áreas de LIPO que podem ser realizadas no consultório e você não sabia!

Tempo de leitura: 11 minutos

Vamos começar desde o início para você entender muito mais sobre as Lipos!

 

Lipoaspiração é uma técnica cirúrgica através da qual é possível realizar a retirada de depósitos localizados de gordura. Para ela, são necessários apenas pequenos cortes por onde passarão as cânulas e a gordura será aspirada por um sistema à vácuo.

Por hábito, chamamos lipoaspiração os procedimentos maiores, envolvendo mais de uma área do corpo e que, portanto, necessitam de internação hospitalar e dias de repouso.

Mas também existe uma Lipo menor chamada Hidrolipo, MiniLipo ou Lipo Light. Na verdade, todas são a mesma coisa: Lipoaspiração de uma área menor realizada sob anestesia local!

A Hidrolipo é realizada exatamente da mesma forma que a Lipo Convencional; porém, utilizamos a anestesia local e o paciente permanece acordado e conversando com o cirurgião enquanto o procedimento é realizado.

HIDROLIPO

Todas as regiões com depósitos de gordura de pequenas proporções podem ser tratadas através da Hidrolipo, mas irei enumerar as 9 mais frequentes:

 

1- LIPO DE AXILAS

 

 

Essa é para as pacientes que evitam regatas ou biquínis devido ao “gordinho” nas axilas. Tratam-se  de pequenos depósitos localizados de gordura que formam um volume na região errada!

Através da Hidrolipo, a região das axilas poderá ser facilmente tratada. O resultado é imediatamente visível; porém, logo posteriormente aparecerá o inchaço dando a impressão de que muito pouco foi realizado. Mas paciência, os resultados começarão mesmo a aparecer a partir de 1 semana e a forma definitiva será obtida a partir de 1 mês.

Para todas as lipos, as drenagens linfáticas são extremamente importantes. No início, elas são fundamentais para eliminar o excesso de líquidos que ficam acumulados e geram incômodos. Após 7 a 10 dias, as drenagens terão a função de prevenir e eliminar as fibroses que poderão aparecer.

 

   Para a Hidrolipo de axilas, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: No mínimo 5 sessões (1 sessão por semana).
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Não serão obrigatórias. Oriento apenas evitar roupas de alcinhas muito justas que possam marcar a região.
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

2 – LIPO DE “PAPADA”

 

 

E eis a região de gordurinha que quem a possui não esquece! A gordurinha localizada abaixo do queixo e que faz desaparecer o contorno do pescoço e mandíbula. E ainda dá uma sensação de aumento de peso!

Mas, para essa região é importante algumas considerações. A hidrolipo de papada é indicada para quem tem acúmulo de gordura nessa região mas possui uma pele resistente, com bom tônus e sem excedentes. Há as pacientes que além da gordura, também possuem excesso de pele e a pele já ser tornou mais fina. Para esses casos, além da hidrolipo, será necessário também retirar esse excedente de pele realizado através do Minilifting Facial.

Mas voltemos ao caso de apenas gordura localizada na região do submento, também conhecido como “papada”. Ela também poderá ser tratada no consultório médico através da Hidrolipo. É realizada através de cortes puntiformes e os resultados já poderão ser notados a partir dos primeiros 10 dias de procedimento.

 

     Para a Hidrolipo de “papada”, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: Atenção para elas! Indico de 5 a 10 sessões para eliminar de vez qualquer possibilidade de fibroses.
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Oriento o uso de Mentoneiras nos primeiros 7 dias.
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

3 – LIPO DE ABDÔMEN

Essa região é a que mais incomoda as magrinhas. Sim, elas mesmas! Sabe aquele pequeno acúmulo de gordura localizado numa pequena porção do abdômen e que não saem nem com regimes ou exercícios físicos intensos? São “bolinhas” de gordura que fazem algumas projeções que aparecem através da roupa e que muito incomodam quando usam biquínis ou roupas mais justas. Essas “bolinhas” poderão ser rapidamente eliminadas através da Hidrolipo.

Para regiões até um pouco maiores, é possível realizar o procedimento em 2 etapas, com intervalo mínimo de 1 semana entre elas. As incisões irão variar conforme a região a ser corrigida; geralmente são necessárias duas pequenas incisões.

As queixas mais comuns são de pequenos depósitos localizados acima do umbigo ou abaixo dele.

 

    Para a Hidrolipo de abdômen, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: No mínimo 5 sessões (1 sessão por semana).
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Recomendo faixas cirúrgicas. São cintas com velcro que protegem a região não deixando ser marcadas por calças juntas ou pela postura incorreta.
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

4 – LIPO DE CULOTES

   Os culotes são depósitos de gordura localizados nas laterais das coxas e quadris. Eles formam “pontas” que fazem desaparecer o formado arredondado dos glúteos e dão impressão de aumento de peso.

A Hidrolipo, para esses casos, apenas poderá ser realizada no consultório se os culotes forem de pequeno volume. Isso devido ao incômodo para anestesiar a área e à quantidade de anestésicos para adormecer toda a região (assim como qualquer medicação, os anestésicos também tem um limite para serem usados).

Para casos de volumes maiores de Culotes, realizamos o procedimento no Hospital. Continua sendo uma Hidrolipo; porém a paciente receberá uma sedação e permenecerá dormindo enquanto todo o procedimento é realizado. Assim que acordar e se recuperar da sedação, já estará de alta.

 

   Para a Hidrolipo de culotes, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: No mínimo 5 sessões (1 sessão por semana).
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Bermuda cirúrgica de média compressão (comprimento até os joelhos).
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

 5 – LIPO DE “BANANINHAS”

Quem é fã de shortinhos e biquínis tem horror às “Bananinhas”. São pequenos depósitos de gordura localizados abaixo dos glúteos. São dispostos de forma horizontal, lembrando uma banana.

Essa gordurinha poderá ser eliminada através da Hidrolipo, as cicatrizes ficarão localizadas nas laterais das coxas e geralmente não precisam de pontos. Ficarão avermelhadas nas primeiras semanas e, posteriormente, assumirão a mesma tonalidade da pele tornando-se praticamente imperceptíveis.

Mas, ATENÇÃO! A retirada da “Bananinha” deve ser realizada com muita cautela. Quando estão presentes, elas assumem a função de “sustentar” os glúteos. Por isso, para corrigí-las, precisaremos diminuir o volume que formam, mas não eliminá-las completamente para não corrermos o risco da queda do “bumbum”.

 

    Para a Hidrolipo das “Bananinhas”, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: No mínimo 5 sessões (1 sessão por semana).
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Bermuda cirúrgica de média compressão (comprimento até os joelhos).
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

6 – LIPO DE CINTURAS

Sabem aquelas “bolinhas” de gordura localizadas na cintura e que atrapalham tudo? Pois bem, elas também podem ser eliminadas através da Hidrolipo.

Para corrigir essa região, as incisões serão realizadas na parte posterior, no dorso, para melhor acesso desses depósitos de gordura. Orientamos curativos que deverão ser trocados semanalmente no primeiro mês para garantirmos a melhor qualidade dessas pequenas cicatrizes. Mais um cuidado: apenas expor a região ao sol após não restarem mais nenhum roxinho. E protetor solar nas cicatrizes enquanto elas ainda estiverem rosadas.

Mais uma vez volto a dizer que o procedimento apenas poderá ser realizado no consultório para casos de pequenos volumes. Cinturas com gordura localizada de médio ou grande porte, optamos por realizar o procedimento no Hospital, sob anestesia Local + Sedação.

 

    Para a Hidrolipo de cinturas, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: No mínimo 5 sessões (1 sessão por semana).
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Gosto muito de faixas cirúrgicas. São cintas com velcro que protegem a região não deixando ser marcadas por calças juntas ou pela postura incorreta.
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

7- LIPO DE COXAS

Quem tem as coxas mais gordinhas sofre não só com a aparência delas, mas também pelo fato de ficarem “esbarrando” uma na outra quando se usa saias ou vestidos. Essa gordura localizada também dá a impressão de que falta volume logo abaixo delas, formando um “espaço” entre as pernas.

Para depósitos pequenos de gordura nessa região, poderemos realizar a Hidrolipo no próprio consultório. Mas, para casos de médio ou grande volume, indicamos o procedimento no Hospital, sob anestesia local com sedação, para maior conforto e segurança do paciente.

Os orifícios necessários para esse procedimento ficarão localizados bem na “dobrinha” inferior dos glúteos, bem escondidos. Para casos de grandes depósitos de gordura, também precisaremos fazer algumas incisões na região anterior da coxa. Essas incisões tem, em média, 0,5cm e ficam muito discretas.

 

Para a Hidrolipo de coxas, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: No mínimo 5 sessões (1 sessão por semana).
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Bermuda cirúrgica de média compressão (comprimento até os joelhos).
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

8- LIPO DE “MONTE DE VÊNUS”

Sabe aquele acumulo de gordura localizado na região do púbis? Aquele que faz as mulheres temerem calças de ginástica justas e até alguns biquínis? Sim, eles também tem solução!

Essa gordura também poderá ser eliminada da mesma forma, através da hidrolipo. Todo o procedimento é realizado de modo muito tranquilo; os leves incômodos com as primeiras infiltração de anestésicos logo desaparecerão e nada mais será sentido.

Para o tratamento dessa área, pequenas incisões serão realizadas em locais facilmente escondidos por lingeries e biquínis.

 

    Para a Hidrolipo de Monte de Vênus, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: No mínimo 5 sessões (1 sessão por semana).
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Não serão obrigatórias. Oriento uso de calcinhas confortáveis e que não marquem a região.
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

 

9 – LIPO DE JOELHOS

Sim! São os joelhos mesmo.

Poucas pessoas sabem que essas áreas podem ser lipoaspiradas. Algumas mulheres se incomodam do “gordinho” na face interna dos joelhos que dá a impressão de pernas desproporcionais.

As incisões para essa área ficam localizadas atrás dos joelhos. São orifícios tão pequenos que muitas vezes nem precisam de pontos, apenas curativos.

A paciente sentirá as primeiras “picadas” do anestésico e logo depois a região já ficará totalmente dormente e nenhum incômodo mais será sentido.

 

    Para a Hidrolipo de joelhos, são necessários:

  • DRENAGENS LINFÁTICAS: No mínimo 5 sessões (1 sessão por semana).
  • CINTAS CIRÚRGICAS: Meia elástica de média compressão até a região das coxas para ser usada nos primeiros 7 dias. Essas meias ficam facilmente escondidas por calças compridas.
  • RETORNO AO TRABALHO: Poderá retornar no dia seguinte.
  • RETORNO ÀS ATIVIDADES FÍSICAS: Após 7 dias.

 

Viu como se livrar daquelas gordurinhas indesejáveis pode não ser um bicho de sete cabeças? Há diversos procedimentos que podem ser realizados no próprio consultório de modo muito tranquilo.

 

Ainda com dúvidas?  Entre em contato através do link:

Fale conosco

 

 

              Um forte abraço!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *