TODOS OS CUIDADOS APÓS A REALIZAÇÃO DA ABDOMINOPLASTIA QUE NINGUÉM TE CONTA

Tempo de leitura: 11 minutos

            Que o excesso de pele, principalmente após as gestações, é resolvido com a realização da abdominoplastia TODOS SABEM! Que para a abdominoplastia é necessária uma cicatriz localizada na altura das cesarianas e precisa se prolongas para as laterais para retirar todo a sobra de pele TAMBÉM!

            Mas como exatamente será o DEPOIS da realização da cirurgia dos sonhos poucos sabem.

 

 

            Mas antes, irei apenas pincelar os principais pontos abordados durante essa cirurgia plástica para que o entendimento do “depois” se torne mais fácil:

 

  • A Abdominoplastia é a cirurgia plástica responsável pela retirada do excesso de pele localizado na região abdominal. É comum que esse excesso de pele tenha surgido após gestações, mas pode também estar presente em mulheres que nunca engravidaram ou homens.

 

  • Após o descolamento da pele na região abdominal, é possível a correção da chamada diástase da musculatura reto-abdominal (afastamento entre as bordas da musculatura do abdômen que faz com que ele se torne mais alargado e abaulado). Essa correção é realizada através da aproximação das bordas musculares com fios cirúrgicos específicos.

 

  • Na abdominoplastia clássica, realizamos uma onfaloplastia que é uma plástica na região umbilical. Uma pequena incisão é realizada ao redor do umbigo, ele permanece preso à musculatura enquanto todo o excedente de pele é descolado, reposicionado e retirado. Posteriormente, uma pequena abertura é realizada na pele para que ele volte a “aparecer”.

 

Tudo o que você precisa saber antes de realizar uma abdominoplastia!

            E eis aqui o assunto de nosso post de hoje. Quanto poderei dirigir? Vai doer muito? Terei que andar curvada durante muito tempo?

            E aí?     Bóra lá responder essas e diversas outras perguntas!

 

 

 

    OS PRIMEIROS 7 DIAS APÓS A ABDOMINOPLASTIA

 

 

            A DOR

A abdominoplastia realizada isoladamente não é uma cirurgia dolorosa. Esperamos que a paciente não sinta nenhum incômodo enquanto estiver em repouso, sem grandes movimentações. Nos primeiros 2 a 3 dias, poderá sentir um leve desconforto ao levantar-se ou deitar-se. Por isso, as medicações prescritas deverão ser tomadas de horário para amenizar qualquer incômodo.

 

E eu tenho certeza que muitas de vocês estão dizendo “minha amiga fez abdominoplastia e disse que ficou alguns dias com dor”. Mas, pergunte a elas se o que elas realizaram foi apenas a abdominoplastia ou se também houve alguma cirurgia adicional, como a lipoaspiração. A lipo, é a cirurgia plástica mais realizada em conjunto com a abdominoplastia e poderá incomodar mais mesmo nos dias de pós-operatório.

 

Outro fator de grande importância também será a sensibilidade de cada uma, cada pessoa tem o seu limiar de dor e isso deverá ser respeitado. Mas, no geral, a abdominoplastia é pouco dolorosa e muito bem tolerada mesmo nos primeiros dias de cirurgia.

 

 

 

            O PRIMEIRO BANHO

 

Podem se preparar para pelo menos 2 horas durante todo o “processo” do primeiro banho! rss

 

Isso porque vocês estarão inseguras, com medo de fazer algo errado ou sentir dor. Então, é isso mesmo, passinho de tartaruga. Façam tudo devagarzinho até sentirem confiança e acelerarem nos próximos banhos.

 

Costumamos liberar o primeiro banho após 48 horas pois, antes desse período, é mais comum que ao abrir as cintas cirúrgicas, algum desconforto e queda de pressão sejam sentidos.

 

Orientamos realizar a abertura das cintas cirúrgicas deitada, com o auxílio de outra pessoa. Após a retirada das malhas e curativos, aguardar 5-10 minutos. Posteriormente, assumir a posição sentada durante mais 5 a 10 minutos. E, só então, preparar-se para levantar e ir até o chuveiro.

 

De preferencia, esteja com uma cadeira de plástica no box para tomar os primeiros banhos sentada. Assim, vocês se sentiram mais seguras e conseguirão até relaxar durante o banho. Uma dica importante: coloquem um tapete de pano embaixo das pernas da cadeira de plástico, para ela não escorregar no box molhado e vocês terem risco de queda.

 

Após o banho, orientaremos todos os cuidados que deverão realizar com os curativos. Voltem para a cama, deitem-se e, com a ajuda de outra pessoa, vistam a cinta calmamente.

 

Fiquem tranquilas, os próximos banhos serão progressivamente mais rápidos!

 

 

 

            CUIDADOS COM O UMBIGO

 

Na maioria dos casos, toda a cicatriz da abdominoplastia estará coberta por curativos que apenas serão trocados por nossa equipe médica a cada 7-10 dias, nos retornos na clínica. Esses curativos poderão ser molhados durante o banho e secados, conforme recomendações.

 

Exceto no umbigo. É o único local em que alguns pontos ficarão visíveis e precisará de alguns cuidados a mais.

 

Antes do banho, o curativo que estiver nesse local deverá ser retirado delicadamente para não machucar.

 

No chuveiro, deixe a água escorrer por essa região e, suavemente, passe um cotonete para a limpeza.

 

Após o banho, orientaremos uma pomada antibiótica que deverá ser passada dentro do umbigo e um curativo com gaze e micropore será necessário.

Pronto! É só repetir essa técnica uma vez ao dia, durante o banho.

 

 

             CUIDADOS COM O DRENO

 

Na maioria dos casos, utilizaremos um dreno que terá saída na região acima do púbis através de 2 “micro” furos.

 

Ele não dói! Mas pode incomodar pelo medo das pacientes de movimentá-lo. Você poderá movê-lo, mas evite movimentos bruscos.

O objetivo do dreno é “sugar” todo o excesso de líquido e sangue na região evitando que fiquem acumulados e prolonguem o tempo de recuperação.

Orientaremos como vocês deverão fazer para averiguar a quantidade de líquido que diariamente foi aspirada por ele. Solicitamos que realizem essa medida a cada 24 horas e comuniquem nossa equipe.

Poderão tomar banho normalmente e deixar apenas a água do banho escorrer sobre ele. Não é necessário esfregá-lo. Após o banho, passe uma pequena quantidade de pomada antibiótica, a mesma do umbigo, sobre os orifícios dele.

O dreno será retirado por nossa equipe médica após 5 a 7 dias. Essa retirada é totalmente indolor, fiquem tranquilas!

 

 

 

            A POSIÇÃO PARA ANDAR

 

“Preciso andar curvada durante 1 mês?”. Claro que não!rsss. Não haveria costas que suportassem tanta dor.

 

Solicitamos sim que, nos primeiros 5 dias, as pacientes assumam uma posição um pouco mais inclinada ao se levantar e andar. Isso para proteger a cicatriz que ainda estará muito recente e também para próprio conforto da paciente, que ainda se sentirá um pouco insegura para se esticar. Nesses dias, orientamos que as pacientes andem com a base das pernas aumentada, isso é, com as pernas um pouco mais abertas e os pés mais afastados.

Após 5 dias, e para prevenir dores nas costas, orientamos andar com os quadris mais anteriorizados. Com os pés afastados e joelhos levemente agachados, o quadril deverá se rodar para frente (como se fosse para esconder o “bumbum”). Dessa forma, a paciente conseguirá manter as costas eretas e não aumentará a tensão sobre a cicatriz.

 

 

 

            A POSIÇÃO PARA DORMIR

 

“Precisarei dormir de barriga para cima?”. E a resposta é SIM! Mas calma, temos ótimas dicas para ninguém ter pesadelos enquanto precisar dormir assim…rss. O objetivo aqui é ajudar a paciente a relaxar numa nova posição que a deixe confortável e seja segura para a cirurgia.

 

Solicitamos que nos primeiros 7 dias, as pacientes procurem uma cama apenas para si, pode até ser um sofá mais confortável mesmo. Isso para que elas se sintam mais seguras e sem medo de alguém encostar nelas enquanto estiverem dormindo e, assim, consigam relaxar e ter um bom sono.

 

 

 

Assim como não poderão se esticar totalmente enquanto andam, o mesmo não poderão fazer enquanto dormem. Nos primeiros 7 dias, orientamos que durmam em decúbito dorsal, “barriga para cima”. Para que consigam relaxar nessa posição, aí vão algumas dicas:

  • Coloquem um ou dois travesseiros bem grossos embaixo dos joelhos, pode até ser um cobertor enrolado. Assim, apenas elevando levemente as pernas, a cicatriz ficará segura de estiramentos.
  • Coloquem um travesseiro um pouco mais alto embaixo da cabeça.
  • Uma almofada ou travesseiro embaixo de cada braço, na lateral do tórax. Eles servirão para não deixar a paciente virar de lado durante a noite e para ajudar a relaxar os braços e dormir tranquilamente.

 

Após 7 dias, poderão dormir em decúbito lateral, ou “de lado”. Mas precisarão dormir na posição fetal: joelhos flexionados com um travesseiro fino entre eles. É interessante também utilizarem outro travesseiro atrás das costas, onde elas ficarão apoiadas e a ajudarão a relaxar.

 

 

            CUIDADOS PARA DEITAR

 

O movimento mais importe que deve-se ter cuidado após a abdominoplastia é o de deitar-se.

 

Isso porque é um movimento que requer esforços com a musculatura reto abdominal que, na maioria dos casos, é fechada durante a cirurgia.

 

Por isso, recomendamos:

 

  1. Antes de se deitar, verificar se os travesseiros estão posicionados na posição ideal para dormir;
  2. Sentar-se na cama com o “bumbum” o mais distante da beirada;
  3. Apoiar os braços na cama, próximo ao travesseiro da cabeça, e deita-se de lado;
  4. Deitada de lado, virar-se para a posição “de barriga para cima”. Se tiver alguém para te ajudar nesse momento, ele ajudará levantando suas pernas e as posicionando acima do travesseiro mais grosso.

 

 

Pronto! Agora é só relaxar para conseguir ter uma boa noite de sono.

 

 

 

OS PRIMEIROS 14 DIAS APÓS A ABDOMINOPLASTIA

 

Nesse momento, mais nenhum incômodo será sentido e você já estará craque com o banho e vestimenta das cintas cirúrgicas.

 

Mas algumas orientações e cuidados ainda serão necessários:

 

 

 

            DIRIGIR

 

Se, durante os retornos na consulta médica for constatado que tudo está indo muito bem, já estará liberada para a independência da direção!rss

 

Mas, claro! Você deverá já estar adaptada ao carro e ele não poderá ter a direção muito pesada.

 

 

            ATIVIDADES FÍSICAS

 

Alguns exercícios físicos com os membros inferiores como a musculação de pernas e caminhadas leves poderão ser reiniciadas de forma gradativa.

 

Cuidado com exercícios físicos intensos com as pernas como o leg press ou agachamentos com pesos excessivos pois ele poderão exigir também da musculatura abdominal!

 

Ah! E deverá fazer o exercício com as cintas cirúrgicas, você ainda não estará livre delas.

 

 

 

            A POSIÇÃO PARA ANDAR

 

A partir de 10 dias de pós-operatório, já a liberaremos para iniciar a deambulação mais reta. Claro que haverá ainda uma insegurança de sua parte; por isso, recomendamos que essa “esticada” seja de modo gradativo.

 

 

            A POSIÇÃO PARA DORMIR

 

A partir de 10 dias de pós-operatório, também poderá voltar a dormir em sua cama. Se estiver se acostumado com a posição que ensinamos de dormir “de barriga para cima”, excelente! Você prevenirá algumas rugas causadas pelo contato do rosto com o travesseiro.

 

Se não, poderá dormir normalmente de lado.

 

 

 

 

OS PRIMEIROS 30 DIAS APÓS A ABDOMINOPLASTIA

 

Pronto! Agora tudo já estará liberado! Na verdade, quase tudo…

 

 

 

            EXERCÍCIOS ABDOMINAIS

 

São os únicos que ainda não estarão totalmente liberados.

 

Recomendamos aguardar 3 meses para retornar aos abdominais intensos.

 

Mas valerá muito a pena a espera! Após esse período a musculatura já estará quase totalmente cicatrizada e não haverá mais riscos.

 

Apenas a cicatriz ainda estará avermelhada nas clarinhas ou acastanhada nas mais morenas. Mas é o processo normal de cicatrização. Esperamos que após 18 a 24 meses, se todas nossas recomendações forem seguidas, a cicatriz será apenas um risquinho branco pouco visível.

ABDOMINOPLASTIA

 

 

                                    E aí? Gostaram?

                        Fiquem à vontade para me enviar mais dúvidas.

 

                                                                                                         Abraços!

 

 

1 Comentário


  1. Amei as dicas! Muito obrigada mesmo, estava com diversas dúvidas sobre o pós operatório e aqui tudo ficou bem mais claro e fácil..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *