Você sabe tudo sobre a LIPO após as gestações?

Tempo de leitura: 3 minutos

Voltar à forma de maneira rápida depois da gravidez é um sonho de dez em cada dez mulheres!

 E não é à toa, afinal, a mudança no corpo é muito grande, quando não drástica, dependendo de quantos quilos a futura mãe engordou durante a gestação.

            Podem  ocorrer diástase da musculatura abdominal (que é o afastamento entre as bordas da musculatura) e também as estrias, aparecendo junto com a flacidez e sobra de pele principalmente na região abdominal.

            E hoje, falaremos de mais um fator que pode alterar muito não só a região abdominal, mas toda a silhueta e contorno corporal da mulher.

 

AS GORDURINHAS LOCALIZADAS!!!!

 

 

            Durante a gestação, nosso organismo procura fazer reservatórios de energia em diversos locais do nosso corpo. Esses reservatórios servem para que, se ocorrer um período de escassez de comida e energia, teremos uma quantidade extra que ficou armazenada para continuar nutrindo tanto a mae quanto o bebê.

            Acontece que esses depósitos de energia são armazenados na forma de gordura, em diversas possíveis áreas de nosso corpo.

            Após o parto, essa gordura costuma ser eliminada, principalmente para gerar toda a energia necessária durante a amamentação. Por isso é muito comum se ouvir por aí que a amamentação emagrece. E isso é uma verdade!

 

 

    O processo de amamentação é tão intenso quanto uma corrida. Podendo fazer as mamães eliminarem 300 a 500 calorias diariamente, usando como combustível principalmente aquelas gordurinhas que ficaram acumuladas.

 

 

 

            Porém, pode ocorrer que mesmo as mulheres que voltaram ao peso que tinham antes da gravidez ou até mesmo próximo a esse peso, referirem que mesmo assim algumas gordurinhas não foram embora e passaram a incomodar.

 

As principais queixas são as gordurinhas localizadas mais na região próximas ao tronco como nos

  • culotes que são as laterais das coxas,
  • na face interna das coxas
  • na cintura que são aqueles pneuzinhos laterais que alteram toda a silhueta corporal e também
  • na região abdominal, que são aqueles pneuzinhos na barriga.

 

A melhor solução para eliminar essas gordurinhas são sim primeiro: atividade física e readequação alimentar!

Mas, se você atingiu o seu peso ideal e mesmo assim as gordurinhas não desapareceram, a alternativa mais efetiva e de melhores resultados será sim a lipoaspiração.

 

Para o tratamento dos culotes, realizamos incisões logo abaixo das nadegas, para que a cicatriz fique bem escondida. Para as cinturas, uma pequena cicatriz ficara locaziada na região central das costas e outra bem abaixo, no sulco intergluteo para o tratamento completo da região.

 

Para a face interna das coxas, cicatrizes mínimas que ficarão escondidas pelo biquíni serão realizadas bilateralmente.

 

 

A lipo de cintura tem um grande poder de remodelação de todo o contorno corporal. Retirando aquelas “pochetes” das laterais, toda a silhueta aparece mais e, até mesmo, pode dar uma sensação de aumento no volume dos glúteos.

 

 

Agora, para o tratamento do abdômen, dependerá muito de cada caso. Pois precisaremos analisar primeiro toda a cosistencia dessa pele. Se ela tiver um grau leve de flacidez, poderá sim ser tratada apenas com a lipoaspiração podendo ate melhorar essa consistência. Mas, se a flacidez for de moderada a grande, até com sobra de pele, não poderemos realizar apenas a lipoaspiração

Isso porque poderemos piorar a flacidez. Nesses casos, precisaremos indicar um tratamento também para o excesso de pele que poderá ser a miniabdominoplastia ou abdominoplastia convencional. Que agora eu tenho certeza que vocês já sabem do que se tratam, a diferença entre elas e para quem são melhor indicadas. Se ainda não sabem, cliquem no link abaixo e confiram!

 

CONFIRA AGORA AS DIFERENÇAS ENTRE ABDOMINOPLASTIA E MINIABDOMINOPLASTIA QUE VOCÊ NÃO SABIA!

 

Um grande beijo a todas e até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *